Protestantismo, Estado de Direito e Totalitarismo

Glauco Barreira Magalhães Filho

Resumo


O presente artigo trata das características históricas e doutrinárias do protestantismo que levaram os seus seguidores a ter um papel importante na luta contra o absolutismo monárquico dos séculos XVI e XVII, e, recebendo maior destaque neste artigo, contra o totalitarismo nazista do século XX. Dentro dessa perspectiva, destacamos também as instituições do Estado de Direito, relacionando-as com ensinos da Reforma.

Palavras-chave


Protestantismo; Totalitarismo; Estado de Direito

Referências


ARTHUR C. The Church’s confession under Hitler. Philadelphia: Wes-tminster, 1962

BERGER, Peter L. O Dossel Sagrado: elementos para uma teoria socio-lógica da religião. Trad. José Carlos Barcellos. São Paulo: Paulus, 1985

BONHOEFFER, Dietrich. Ética. 3a ed. Trad. Helberto Michel. São Leopol-do: Sinodal, 1995

CORNU, Daniel. Karl Barth, teólogo da liberdade. Trad. Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1971

HEGEL. Princípios da Filosofia do Direito. Trad. Orlando Vitorino. Lis-boa: Guimarães Editores, 1990

LUTZER, Erwin. A cruz de Hitler. Trad. James Monteiro dos Reis. São Paulo: Vida, 2003

MATHESON, Peter, org. The Third Reich and the Christian churches. Grand Rapids: Eerdmans, 1981

MILSTEIN, Werner. Dietrich Bonhoeffer: vida e pensamento. Trad. Har-ald Malschitzky. São Leopoldo: Sinodal, 2006

SCHMIDT, Dietmar. Pastor Niemöller. New York:Doubleday, 1959

SHAW, Mark. Lições de Mestre. Trad. Jarbas Aragão. São Paulo: Mundo Cristão, 2004

SKINNER, Quentin. As fundações do pensamento político moderno. Trad. Laura Teixeira Motta. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Rev. Fac. Dir. - ISSN: 0103-2496 (impresso) / 2317-2940 (eletrônico)

Rua Meton de Alencar, s/n - Centro - Fortaleza - CE 
CEP 60035-160 - Fone: +55 (85) 3366 7834