VIDA, LIBERDADE E RESPONSABILIDADE EM HANS JONAS

Eduardo José Lima de Oliveira

Resumo


RESUMO: Nossa proposta consiste em apresentar a nova ética concebida pelo filósofo alemão Hans Jonas a partir da análise e relação dos conceitos de vida, liberdade e responsabilidade, os quais são fundamentais a um novo agir como uma teleologia voltada primariamente para a vida. Esse novo agir possui como principal tarefa a preservação do Ser, pois o novo contexto que emergiu do avanço técnico-científico coloca em risco a vida.

Mediante a insuficiência das éticas tradicionais e a necessidade do dever do homem com a vida que esse novo agir surge. Vida não limita-se somente ao que está na circunferência do humano, ela está para além tanto dos limites da humanidade quanto das presentes gerações. Ou seja, um novo agir deve levar em conta todas as formas de vida quanto as futuras.

No homem, um fator importante e determinante para a afirmação da vida consiste no uso de sua liberdade. Esse modo de agir do homem, o agir livre, não pode ser executado sem que haja limites. A liberdade deve ser acompanhada da responsabilidade e a liberdade ponderada pelo temor da negação da vida.

Por fim, o homem possuiu deveres morais não somente nas relações humanas, o dever ser do homem precisa estar voltado para a vida que abarca a totalidade do Ser, homem, natureza e futuras gerações. Posto esta prerrogativa, será ressaltado a heurística do temor como uma importante ferramenta à aplicação desse dever ser responsável. O medo da possibilidade de não-vida é um exemplo do uso desse dispositivo metodológico.


Palavras-chave


vida; liberdade; responsabilidade; ética.

Referências


BETTESTIN, Cláudia; GHIGGI, Gomercindo. O princípio responsabilidade de Hans Jonas: um princípio ético para os novos tempos. Thaumazein, Ano III, número 06, Santa Maria (Outubro de 2010), pp. 69-85.

DUPAS, Gilberto. O mito do progresso; ou progresso como ideologia. São Paulo: Editora UNESP, 2006.

FÉRRIZ, José Luiz Sepúlveda et. al. Valorização da vida na ética ambiental. Campina Grande, Paraíba: Universidade do Vale do Paraíba, 2009. Disponível em:

Acessado em: 26 de jul. 2012.

JAMIESON, Dale. Ética e meio ambiente: uma introdução. São Paulo: Editora SENAC São Paulo, 2010.

JONAS, Hans. Ética, medicina e técnica. Trad. António Fernando Cascais. Lisboa: Vega, 1994.

____________. O princípio responsabilidade: ensaio de uma ética para a civilização tecnológica. Rio de Janeiro: Contraponto/ ed. PUC- Rio, 2006.

____________. O princípio vida: fundamentos para uma biologia filosófica. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2004.

OLIVEIRA, Manfredo A. de (org.). Correntes fundamentais da ética contemporânea. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2000.

SANTOS, R.; Jelson Oliveira, Lourenço Zancanaro (orgs.). Ética para a civilização tecnológica: em diálogo com Hans Jonas. São Paulo: Centro Universitário São Camilo, 2011. p.129 - 153.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Rev. Fac. Dir. - ISSN: 0103-2496 (impresso) / 2317-2940 (eletrônico)

Rua Meton de Alencar, s/n - Centro - Fortaleza - CE 
CEP 60035-160 - Fone: +55 (85) 3366 7834